Esses últimos dois dias têm sido bem difíceis para mim, pois chegou uma visita que a muito eu não recebia: a tal dona ansiedade. Primeiro, ela veio em forma de uma sutil, porém desesperadora queda de pressão, daí para cá, foi só ladeira abaixo; sustos no meio da noite, me fazendo acordar num pulo e ter medo de voltar a dormir, respiração descompassada, pesada, difícil. Boca seca e aquela agonia sem fim que a muito eu não lembrava mais como era.

São dias como esse que me fazem pensar, porque eu? Porque logo eu tive que ser premiada com o maior dos combos que a tal ansiedade tem para oferecer? Eu sei, nesse mundo crazy em que vivemos, não é difícil encontrar alguém que sofra deste mesmo mal. Basta virar a esquina. Mas, como eu ia dizendo, a tal dona ansiedade parece ter me escolhido como cobaia, pois toda vez que ela aparece, eu descubro algo novo. Será possível uma pessoa aguentar tanto?

À dona ansiedade fica a pergunta: Quem é você? Que chega como uma bomba, sem avisar, sem a menor delicadeza e deixa a gente mole, sem saber o que fazer? Quem é você que acaba com a diversão dos nossos dias, nos deixando agoniados e inquietos todo o tempo? Quem é você que de uma hora para a outra contaminou o mundo?


32 Comentários

  1. A ansiedade é um sentimento que mexe muito com a gente, a ansiedade ela não escolhe a pessoa ela chega e pronto já entra sem bater na porta. As vezes ela vem me visitar eu fico nervosa, mas temos que nos controlar, se não ela não vai deixar você em paz, Thayama bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Lu, ela é bem inconveniente mesmo, rs.

      Excluir
  2. Olá Thay!
    E quando a pessoa é ansiosa desde sempre? Estou tentando me livrar desse mal, mas é difícil.
    A ansiedade nos pressiona, nos limita, não é nada bom.
    Adorei o texto.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sei bem como é isso, Esther. Pra mim, ela "explodiu" mesmo aos 15, mas acho que mesmo antes disso eu era ansiosa e não sabia, rs. É bem ruim mesmo, mas estou buscando novas formas para me livrar ou ao menos para aprender a conviver com ela. Uma hora funciona! - espero -

      Obrigada pela visita, grande beijo!

      Excluir
  3. Só quem sofre, sabe! fico extremamente ansiosa quando tenho algum compromisso muito importante, quando estou preocupada, quando estou reflexiva, ufa! em quase todos os momentos a tenho... É ruim de sentir? sim! mas com o tempo passa a lidar com ela...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uhum isso também acontece comigo Marise, parece que nos momentos mais decisivos de nossas vidas ela resolve agir... E aí é um Deus nos acuda.

      Excluir
  4. Ótimo texto! Sofro muito muito com ela, inclusive fisicamente! é difícil..

    ResponderExcluir
  5. Oi
    Gostei do post...
    Eu sempre fui muito ansiosa, cheguei até a tomar medicamentos. Mas graças a Deus hoje consigo me controlar ☺
    Bjo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom Joana!
      Eu ainda tenho dificuldades quanto a controlar, mas uma hora aprendo.

      Excluir
  6. Gostei do post, eu acho q não sou uma pessoa muito ansiosa, pelo menos nunca tive problema com isso, mas a minha mãe tem problema, teve q tomar remédio e tudo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sorte a sua Sthephanie, tomara que nunca passe por isso :)

      Excluir
  7. Hey
    Muito bom o post ! Eu sou uma pessoa muito ansiosa ! Na verdade já fui mais, tanto que na minha época de vestibular tive taque cardíaco (não sei se é assim que escreve ) por conta dessa ansiedade toda ! Tive que tomar por 6 meses remédio pra controlar '
    Mas comecei a ler um livro muito bom ! Depois te indico

    ResponderExcluir
  8. É terrível sentir ansiedade nossa passo tanto mal, sou uma pessoa muito ansiosa viu, é um desespero piora quando tenho que falar em publico na apresentação de algum trabalho no curso. beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahaha. Será que somos gêmeas Ade? Também fico pra morrer se tiver que falar em público...Tenso!

      Excluir
  9. Eu sofro de ansiedade e com ela desenvolvi a compulsão alimentar, tenho me tratado desde Fevereiro e graças a Deus estou bem melhor hoje em dia, mas não dá para desprevenir, tem que cuidar.
    Sucesso pra você e melhoras.
    www.universomacherie.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não desencadeei nenhum sintoma nesse sentido Dalli, não que eu tenha percebido, mas valeu a dica, irei verificar melhor rs. Fico feliz que esteja melhor e espero que continue assim :)

      Excluir
  10. Adorei ter trago esse tema para o post! É uma doença muita seria, mas não é tratada assim por muitos! Parabéns!
    Beijos 😘

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Scarllet, as pessoas deviam falar mais sobre isso e aprender mais também.

      Excluir
  11. Crises de ansiedade são horríveis, só quem tem entende! Mesmo com remédios, volta e meia a ansiedade vem me visitar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Comigo também é assim Stéfani, às vezes dependendo da intensidade, eu prefiro tentar controlar por mim mesma do que através de remédios mas não é fácil.

      Excluir
  12. Eu tenho de vem enquando, e sempre me dá a noite, e tenho falta de ar, coração acelerado, incômodo e irritação, é horrível, e não sei pq vem

    ResponderExcluir
  13. Isso é muito complicado mesmo =( conheço gente que sofre de ansiedade e é um mal. Sinto muito que passe por isso, Thayama =( ninguém merece isso. Essas coisas são bem complicadas né, eu desejo muitas melhoras pra ti viu <3

    ResponderExcluir
  14. É horrivel mesmo, sofro com isso a anos e ainda tomo remédio para controlar, a sensação não tem igual.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade...
      Tem que ter muita paciência também, rs.

      Excluir
  15. A danada dessa ansiedade pega todos. É preciso tomar cuidado para não virar quadro clinico. Melhoras

    ResponderExcluir
  16. Eu também tenho problemas de ansiedade, e isso não é só um problema como uma doença também. Tem que ser levada a sério e temos que falar mais sobre. Ela me atormenta boa parte do meu dia, mas principalmente na hora em que vou dormir. Não me deixa fazer coisas por medo e isso acaba com oportunidades que a vida nos dá. Não vou dizer que é bom conhecer alguém que passa pelo mesmo que eu, sofre de falta de ar, queda de pressão e todas essas coisas, porque eu preferia não conhecer ninguém que passa por isso, gostaria de não passar também. Mas tudo passa, e um dia isso melhora. Melhoras, Thayama! Se precisar, estou aqui <3

    Um beijo!
    eililian.blogpspot.com.br

    ResponderExcluir
  17. Que linda você, Lilian. Também não gostaria de passar por isso e nem de conhecer alguém que passe, mas por outro lado me sinto feliz de perceber que não estou sozinha nisso e que outras pessoas entendem a minha situação. Eu sei que passa, e eu espero que isso aconteça, mas até lá o jeito é aguentar e tentar conviver com a visita indesejada. Obrigada pela sua visitinha e pelo carinho! Volte sempre ♥

    ResponderExcluir